segunda-feira, 11 de julho de 2011

Porque consumir alimentos integrais?

ALIMENTOS INTEGRAIS: São aqueles que não passaram pelo processo de beneficiamento ou refinamento. Os cereais integrais ainda possuem películas que envolvem os grãos, ricas em nutrientes como fibras (importante para manutenção e funcionamento adequado do intestino), vitaminas e minerais. A retirada desta película, através do processo de beneficiamento, leva a considerável empobrecimento do produto com relação aos vários nutrientes, restando praticamente só o amido (carboidrato). Para que tais amidos possam ser absorvidos, torna-se necessária a presença de vitaminas e minerais. Se estas vitaminas não são fornecidas pelo alimento (que é o caso dos alimentos beneficiados) o próprio organismo terá que fornecê-las, retirando de seus estoques, e isso em algum tempo leva ao empobrecimento vitamínico e desequilíbrio do funcionamento do corpo (cansaço físico, cansaço mental, gripes e resfriados constantes, gastrite, dores nos membros, artrite...). Por isso, prefira alimentos integrais (açúcar mascavo, grãos integrais, pães integrais) pois estes fornecem todos os nutrientes necessários à manutenção do nosso corpo.



AÇÚCAR MASCAVO: É o açúcar de cana integral, que não passa pelos processos de refino e industrialização. Tem uma coloração marrom e sabor como de rapadura moída. Rico em cálcio, ferro, potássio e diversas vitaminas que não são encontradas no açúcar refinado. É importante lembrar que o açúcar mascavo não é aconselhável para diabéticos.


AÇÚCAR DEMERARA: é obtido a partir da cana-de-açúcar, através de um processo especial, que não utiliza aditivos químicos para o branqueamento e a clarificação. Possui coloração mais escura e é levemente mais úmido do que o açúcar branco, já que preserva uma película de "mel" em volta dos cristais de sacarose. Tem fácil diluição e não altera o sabor das preparações.



AVEIA (FARELO DE AVEIA): É a película do grão de aveia que por possuir uma rica quantidade de fibras hidrossolúveis, consegue eliminar o alto nível de colesterol no sangue, após oito semanas de uso constante. O cozimento da aveia é ótimo tônico fortificando convalescentes. Excelente nas enfermidades dos rins, pulmões, garganta, diabetes, reumatismo e enfraquecimento.


BANANA PASSA: Produto alimentício proveniente da desidratação controlada da banana, preservando muito de suas propriedades nutritivas. Isento de aditivos ou conservantes em todo o processo de produção.Boa fonte de fosfato, potássio, magnésio. e cálcio.


ARROZ INTEGRAL: Como alimento principal, bem mastigado e ensalivado é um poderoso alimento-medicamento. É extremamente importante como auxiliar no tratamento de vários distúrbios como:

- desequilíbrio psíquico e falta de memória

- purificador do sangue e aparelho digestivo

- se comido puro, faz cessar diarréias e gases

- auxilia o tratamento de alergias

- Por ser rico em fibras auxilia o tratamento de prisão de ventre

- auxiliar em inflamações cutâneas. Além disso, é um alimento praticamente completo, possuindo a cadeia mais completa dos 12 aminoácidos indispensáveis para a formação de novas células. Rico também nas vitaminas A, B, B2, B5, B6, E e os minerais, cálcio, fósforo, ferro, etc.

Preparo: Refogue alho e cebola em um pouco de óleo na panela. Depois acrescente o arroz lavado e deixe-o tostar mexendo sempre até que fique ligeiramente dourado. Acrescente água quente, tampe a panela e deixe cozinhando em fogo brando. Acrescente mais água quente a medida que a água for evaporando. Cozinhe de 30 a 50 minutos e deixe a água evaporar por completo. Depois de pronto acrescente gersal e molho shoyu e sirva.


ARROZ CATETO INTEGRAL: caracteriza-se por apresentar grãos intactos, preservando a sua película e o gérmen, onde se encontram a maior parte dos nutrientes. Os grãos são curtos, curvados e translúcidos, com maior quantidade de amido, que o tornam mais macios e cremosos se comparados ao tipo agulhinha (longo).

Contêm: carboidratos complexos, fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, minerais.

Quando consumido com alguma leguminosa (como feijão, lentilha, grão-de-bico), na proporção de 3 partes do arroz para 1 de leguminosa proporciona para o organismo uma combinação de proteínas vegetais de ótima qualidade.


ARROZ INTEGRAL LONGO (ou agulhinha): consiste em grãos intactos, que preservam a película e o gérmen, onde se encontram a maior parte dos nutrientes. Possui aspecto fino e longo.

Necessita de menor tempo de cocção por possuir menor teor de amido. Após o preparo, fica mais solto e seco em relação ao arroz integral cateto.


AVEIA (GRÃOS OU FLOCOS): É também um cereal de grande importância no uso terapêutico. É reconhecidamente um cereal ENERGÉTICO.

- famoso por aumentar a resistência física

- auxiliar no tratamento da impotência sexual

- auxiliar no tratamento e prevenção de anemia

- é hipoglicemiante, auxiliando a regularização da taxa glicêmica (açúcar), sendo especialmente recomendada aos diabéticos

- estimula a tireóide aquecendo o corpo no inverno

Rica em vitaminas B, cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, cloro, magnésio e manganês. Excelente para convalescentes e atletas.


CASTANHA DO PARÁ: Rica em proteínas e devido ao seu alto teor em magnésio, é considerada útil na prevenção de câncer, estimula a produção de leite nas lactantes é tônico cerebral e geral do organismo.


CEVADINHA: Alimento básico do Oriente Médio é um ótimo cereal. Contém carboidratos complexos, vitaminas do complexo B, minerais. É rico em proteínas, fibras e ferro. Utilização: em substituição ao arroz, como salada, com legumes, verduras, sopas...


DAMASCO SECO: Excelente fonte de ferro para a formação de glóbulos vermelhos do sangue, prevenindo a anemia. Abundante em silício, cálcio, fósforo e potássio, além de provitamina A e vitamina B12


ERVILHA - LENTILHA: Têm alto teor de carboidratos e fibras. Baixo teor de gordura. Boa fonte de vitamina B e sais minerais. Usadas em sopas, saladas e para acompanhar cereais, substituindo a carne.


EXTRATO DE SOJA (leite de soja): é obtido a partir de grãos selecionados, submetidos a tratamento térmico, descascamento, pré-moagem e micronização. Contém aminoácidos essenciais, além de ser fonte de cálcio, rico em fibras e proteínas. Contém naturalmente isoflavonas e os ácidos graxos poliinsaturados. É uma ótima opção para substituir o leite de origem animal, pois não contém lactose nem as proteínas do leite.

Utilização: para substituir o leite de origem animal, no preparo de molhos, cremes, patês, maionese, vitaminas, sopas, mingaus, bolos, etc.


FARELO OU FIBRA DE TRIGO: Evita problemas no intestino como a diverticulite e a prisão de ventre. Baixíssimo teor calórico. Usado no tratamento da obesidade. Consumir com frutas amassadas, leite, sopas, sucos, pães e bolos.


FARINHA DE TRIGO INTEGRAL: É o grão trigo moído sem que tenha passado pelo processo de refinamento. Utilizada no preparo de bolos e pães, em substituição à farinha branca comum, que no processo de refino, perde vitaminas A, B, Zinco, Magnésio, Cromo, e outros 21 nutrientes importantes ao bom funcionamento do nosso corpo.


FARINHA DE ARROZ: obtida a partir dos grãos selecionados de arroz integral, tostado e posteriormente moído. A farinha de arroz contém carboidratos complexos, é fonte de fibras e proteínas.

Utilização: em mingaus, bolos, pães, tortas, croquetes, almôndegas, vitaminas, biscoitos, etc.


FARINHA DE CENTEIO: o centeio foi introduzido no Brasil pelos imigrantes alemães e poloneses no século XIX e até hoje é cultivado pelos seus descendentes. É o segundo cereal de maior importância para a industria da panificação. A farinha de centeio integral contém menor teor de glúten se comparado com farinha de trigo integral. Contém carboidratos complexos, aminoácidos essenciais, fibras , minerais como fósforo, potássio, ferro, cálcio e magnésio.

Utilização: em massas pães, bolos, tortas, biscoitos, etc.


FEIJÃO AZUKI: Possui grau de fermentação inferior aos demais feijões. Seu preparo é igual ao do feijão comum. É indicado para evitar formação de cálculos nos rins e na vesícula, regula a hipertensão natural e o excesso de açúcar nos diabéticos. Torrando-se os grãos do feijão azuki e adicionando-se água é preparado um chá especial para diabéticos e para eliminação do excesso de ácido úrico. Excelente fonte de cálcio, fósforo, ferro, proteínas e vitaminas do complexo B.


GELÉIA REAL: É um super alimento produzido pelas abelhas rainhas. É um maravilhoso conjunto de vitaminas e relativamente barato. Indicado para o rejuvenescimento da pele, auxiliar em convalescença, principalmente na tuberculose; alívio da asma; dores reumáticas; obtenção de sono tranqüilo, revigoramento geral, regularização das funções cardíacas, hepáticas, renais e intestinais; melhora o apetite, desenvolvimento de crianças; eliminação de depressão e esgotamento nervoso; alívio para mulheres na menopausa; tosse, resfriados e bronquites.


GERGELIM: Sementes pretas e brancas (ou amarelas). Contém lecitinas e fosfatos em abundância. Alimento específico para o sistema nervoso, aumenta a atividade e o reflexo do cérebro. Ricas em Vitaminas A, cálcio, proteínas e calorias.



GERME DE TRIGO: Grande valor alimentício (vit. E, B, outros complexos B e proteínas). Protege o organismo contra a poluição. Excelente em caso de esterilidade e distúrbios da menopausa (insônia, tensão). Diminui a tensão arterial e varizes. Pode ser usado no iogurte, coalhadas, sucos, etc.


GERSAL: Preparado com sementes de gergelim torradas e moídas com sal marinho natural. Excelente para o bom humor. Ingerir diariamente, a cada refeição, sobre o arroz integral já pronto. Desacidificante do sangue, fortificante do cérebro e dos nervos.


GRANOLA: Composto de aveia em flocos, germe de trigo, flocos de arroz, passas, castanhas, etc. Altíssimo valor nutritivo. Utilizado puro, no leite, como cobertura de bolos, sorvetes, etc.


GRÃO DE BICO: é um alimento pertencente a família das leguminosas. Tem sido cultivado no Oriente Médio desde aproximadamente 8000 a.C. Possui ótimo valor nutritivo, já que contém proteínas, fibras, vitaminas do complexo B e minerais como ferro e potássio.


GUARANÁ: Os índios foram os primeiros a se dedicarem ao cultivo do guaraná na Amazônia, posteriormente a cultura se espalhou pelos países vizinhos, como: Venezuela, Peru e Bolívia.

É um complemento alimentar que contém cafeína, agindo como revigorante e estimulante para as atividades físicas e mentais. Deve ser consumido com moderação.

Utilização: com água, sucos de frutas, vitaminas, etc. Dilua 1 colher (chá) do guaraná em 1/2 copo de água.

Observação: o consumo poucas horas antes de dormir pode causar insônia.


IOGURTE NATURAL: Alimento rico em lactobacilos úteis, que vão auxiliar no correto funcionamento intestinal, controlar os índices de ácido úrico, aumentar a resistência do corpo contra infecções, além de ter em sua constituição proteínas, vitaminas A, B, C, D, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro e zinco. Ótimo se consumido com mel ou melado de cana acompanhado de granola.


LEVEDO DE CERVEJA: Extraído da fermentação da cevada, malte, e outros cereais que compõem a fabricação da cerveja. É o protetor natural contra doses letais de radiação e poluição. Devido à presença do complexo B, indicado para pessoas que sofrem distúrbios nervosos ou fraqueza muscular. Regulariza as funções intestinais, ajuda o fígado no trabalho de desintoxicação do organismo, protege a flora intestinal. Adicionar ao leite, chás e sucos.


LINHAÇA: é um alimento originado a partir da planta do linho, pertencente a família das Lináceas. Tem sido cultivada há 4.000 anos nos países mediterrâneos. Possui ótimo valor nutritivo. Apresenta ácido graxo essencial w-3 responsável pelo controle dos níveis de colesterol e de açúcar no sangue, pela redução das inflamações e a promoção da renovação celular. Por conter grande quantidade de fibras, contribui para o bom funcionamento intestinal. Também contém fitoesteróis, que contribuem para a reposição hormonal.

Sugestão: Coloque 1 colher (sopa) de linhaça em 1/2 xícara (chá) de água de um dia para outro. No dia seguinte, bata este conteúdo em liquidificador com um fruta e extrato de soja e beba. É uma ótima opção para melhora do intestino, pele, cabelos, etc.

Utilização: em saladas, caldos e sopas, massas de tortas, pães, biscoitos, bolos, vitaminas, granolas, iogurtes.

Dica: para um melhor aproveitamento de suas propriedades, triture-as em liquidificador ou mastigue-as muito bem


MEL: O mel é uma substância açucarada, constituído de frutose e glicose, produzida pelas abelhas a partir do néctar que coletam das flores. É um alimento de fácil digestão, sendo assimilado diretamente, constituindo uma fonte imediata de energia. Importante alimento para desintoxicar o organismo e beneficiar a flora intestinal. Por ser carboidrato simples não deve ser consumido por diabéticos. Estudos sugerem que crianças com menos de um ano devem evitar o consumo de mel, pois este pode conter esporos de Clostridium botullinum e transmitir o botulismo.

PRINCIPAIS FLORADAS DE MEL
Mel de eucalipto: Mel com sabor mais forte, mais escuro do que os outros tipos graças a alta concentração de ferro, magnésio, cálcio e enxofre. É indicado para tosses, resfriados, sinusite, irritação da garganta e bronquite (infecções das vias respiratórias em geral). Limpa o catarro e desinfeta os brônquios. Ótimo vermífugo.

Mel silvestre (flor do campo): Mel de sabor suave, funciona como um ótimo adoçante para bebidas em geral. Tem propriedades calmantes, relaxantes, desintoxicantes e fortificantes. É rico em minerais.

Mel de laranjeira (flor da laranjeira): Seu sabor é dos mais agradáveis, sua cor é mais clara do que a dos outros tipos de florada. Muito bem indicado por médicos pelas suas propriedades que regulam o intestino. Excelente para insônia, nervosismo e palpitações (propriedades espasmódicas).

Mel de assa-peixe: Calmante e relaxante. A cristalização do mel é normal e indica sua pureza. Para voltar à forma líquida, coloque-o em banho-maria, por aproximadamente 30 minutos.


MACARRÃO DE TRIGO INTEGRAL: Não contém ovos ou qualquer aditivo químico, evitando-se assim o problema do colesterol. Preparado como qualquer outro tipo de macarrão. É isento de gorduras.
Muitas pessoas restringem-se ao consumo de macarrão com medo de ganhar peso, mas o verdadeiro vilão é o tipo de molho utilizado, portanto, dê preferência aos molhos à base de vegetais (por exemplo, molho de tomate caseiro com proteína de soja em substituição ao molho à bolonhesa).


MISSÔ (SOJA): Usado para temperar sopas, peixes e salgados. Não deve ser fervido para não perder suas propriedades nutritivas. Eficaz em afastar as inflamações. Desintoxicar o organismo de venenos como a nicotina do fumo e do aldeído que é formado a partir do álcool. Previne contra os danos da radioatividade e tem ação antialérgica.


PÓLEN: Excelente suplemento vitamínico. Tem ação comprovada em casos de esgotamento físico, recuperação de doenças em geral e depressão, diminui o nervosismo, insônia, melhora a impotência sexual, estimula a fertilidade, melhora o apetite, auxilia no crescimento infantil, alivia os sintomas da menopausa, fortalece unhas e cabelos. As mais recomendadas clínicas de geriatria e recuperação humanas empregam doses equilibradas de pólen nos seus tratamentos. Deve ser tomado em jejum ou com suco - 1 colher de café ao dia.


PRÓPOLIS: A própolis é uma substância resinosa produzida pelas abelhas para proteger as colméias de infecções por bactérias, vírus e fungos. Misturada ao álcool de cereais, forma o extrato de própolis.
É anestésico, cicatrizante e antiinflamatório, usado em casos de resfriados, infecções de garganta, feridas na pele e boca.

PRÓPOLIS VERDE - A própolis brasileira originária do vegetal chamado Alecrim do Campo (field Rosemary) ou Baccharis dracunculifolia, também conhecida como própolis verde pelos pesquisadores, é reconhecida internacionalmente como a melhor própolis do mundo.
Muito famosa no mundo inteiro, principalmente no Japão, por causa dos seus ricos componentes químicos como proteína, aminoácido, vitaminas e um alto nível de flavonóides e terpenóides.
Contém um importante ácido fenólico chamado Artepillin “C” de importante ação antioxidante.
Usada para tratamento de feridas, infecções dentais, equilíbrio do aparelho respiratório e sistema antiinflamatório, como diurético. Vem sendo também usada como


PROTEÍNA TEXTURIZADA DE SOJA (CARNE DE SOJA): Soja pré-cozida, substituto da carne animal, com as vantagens de não conter hormônios e de obter mais vitaminas e proteínas. Deixar a proteína de soja de molho em água quente, no mínimo durante 4 horas. Depois espremer suavemente com as mãos e preparar como carne comum.


QUINUA REAL (Quinoa): cereal sagrado dos Incas. Qualificada como o melhor alimento de origem vegetal para consumo humano, pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e selecionada pela Nasa para integrar a dieta dos Astronautas em vôos espaciais de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo. Investigadores que vem estudando a QUINUA REAL, nas ultimas décadas,constataram, que seu valor nutritivo - só comparado ao leite materno - a converte no alimento mais completo do planeta, muito superior aos de origem animal, como a carne, o leite, os ovos e o peixe.


SAL MARINHO: É o sal natural que não passa pelo processo de industrialização. Composto naturalmente de cerca de 83 elementos como bromo, magnésio, cálcio, iodo natural e orgânico, etc. Usado em quantidades normais e em substituição ao sal comum (que além de ser só cloreto de sódio e ter adicionado vários compostos químicos, alguns cancerígenos) contribui para a reposição mineral da glândula tireóide.


SHOYU: Molho feito à base de feijão de soja, salgado e fermentado, é usado para temperar sopas, legumes, verduras, etc. Tônico precioso, fortificante e rejuvenescedor do sangue. Excelente em casos de fadiga. Rico em enzimas, contém proteínas, vitaminas, aminoácidos e lactobacilos. Ideal para reconstituição e regeneração das células. Também serve como conservante de alimentos.


SOJA EM GRÃO: Importante fonte de proteínas, os grãos podem ser consumidos cozidos como feijão após a retirada da película externa (deixando os grãos de molho em água por doze horas e retirando-a manualmente). Produto indispensável para o fortalecimento, crescimento, conservação e recuperação das células.


TRIGO EM GRÃO: Rico em ácido glutâmico, é conhecido como o alimento que acentua a inteligência, criatividade e raciocínio. Grandes quantidades de vitaminas A, B, C, E, PP, cálcio, fósforo, magnésio, potássio, zinco, etc. Pode ser cozido da mesma maneira que o arroz integral ou usado no processo de brotamento.


VINAGRE DE MAÇÃ: Deve ser usado mais como um medicamento do que como um tempero. Tem efeitos notáveis contra a obesidade, reumatismo, dores musculares (ajuda a eliminar o excesso de ácido lático e ácido úrico nos músculos), cãibras, doenças de pele, todas as doenças dos dentes e gengivas, queda dos cabelos, caspa, seborréia, varizes e queimaduras (uso externo). Para uso interno, tomar uma colher de chá em meio copo de água, três a quatro vezes ao dia. Para as varizes e afecções do coro cabeludo, além do uso interno por várias semanas, aplicar também externamente produzindo uma massagem por fricção moderada e deixando o produto secar naturalmente em contato com o corpo. Só lavar após duas horas no mínimo. Para as queimaduras, aplicar compressas de gazes esterilizadas.

1 comentários:

jaqueline disse...

oi pessoal adorrei o site de comidas integrais por favor mande novidades para mim

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger