terça-feira, 3 de agosto de 2010

Guia básico de manutenção do carro

Você deve saber que colocar combustível basta para manter seu carro funcionando bem. E trocar o óleo e os filtros também é pouco. Muitos problemas, e até acidentes, podem ser prevenidos se você acompanhar a quilometragem do seu carro e souber direitinho o que deve ser substituído. Sérgio Queiroz, gerente de pós-venda da Grand Brazil, empresa que possui concessionárias de várias marcas, fez uma lista do que você não pode deixar de prestar atenção.

Ele dá uma dica para incluir à rotina. “Periodicamente, com o carro frio e em lugar plano, observe o nível do óleo, freio, óleo da direção hidráulica e se os pneus estão com desgaste irregular. Cheque, também, o estado das palhetas dos limpadores e as lâmpadas”, segundo ele, para esses itens não há como prever a durabilidade. “Por último, calibre sempre os pneus. Pneu tem que andar cheio. Olhe a pressão toda semana. No manual ou na tampa do combustível você pode encontrar a pressão ideal”.

Troca de óleo
Deve ser feita a cada 5 mil ou 7,5 mil quilômetros (dependendo do fabricante do automóvel).

Filtro de óleo
Deve ser substituído a cada duas trocas de óleo (uma sim e uma não). Também varia: a cada 10 mil ou 15 mil km, de acordo com a recomendação do fabricante.

Alinhamento e balanceamento
A cada 15 mil km, é necessário fazer o alinhamento e balanceamento das rodas.

Limpeza do sistema de injeção (bicos)
A cada 15 mil km, é recomendável fazer essa limpeza. Principalmente nos carros flex, pois o álcool cria uma borra nos bicos que causa falhas no motor ou consome mais combustível.

Ar condicionado
A limpeza do sistema do ar condicionado também deve ser feita a cada 15 mil km, assim como a troca do filtro.

Velas
O jogo de velas deve ser substituído aos 30 mil km.

Correia dentada
A correia dentada e o tensor da correia devem ser substituídos a cada 60 mil km, com o risco de, se ela arrebentar, comprometer o motor definitivamente.

Freios e embreagem
Pastilha de discos e de embreagem variam muito, de acordo com a maneira de dirigir e o tipo de percurso. Quando estiver abaixo de 5 mm, precisa ser trocada. Mais ou menos, entre 20 e 30 mil km.

Pneus
Avalie o sulco dos pneus. O novo tem 8 mm. Abaixo de 3 mm ou 2 mm é coloque um jogo novo. Ou, ao menos, dois. Outra maneira de saber se é hora de trocar é observando um carocinho interno. Se estiver aparente, estão gastos. Os pneus duram cerca de 45 mil km.

Amortecedores e molas
Outra peça que varia muito, de acordo com a utilização do carro (se carrega muito peso) e o terreno que percorre (se é muito acidentado). A média de vida é de dura 45 a 50 mil km.

Fluído de freio
É recomendável sempre avaliar o nível. E, mesmo que esteja normal, substitua a cada 45 mil km ou a cada 2 anos.

Líquido do arrefecimento
A água do radiador é outro item que o motorista precisa ficar atento se está no nível adequado. E, a cada 30 mil km, faça a limpeza do compartimento e a troca desse líquido.

Fluído da direção hidráulica
O fluído da direção hidráulica não precisa ser trocado, mas, por prevenção, observe periodicamente se ele está vazando

3 comentários:

Jackie Freitas disse...

Aninha querida!
Sou um zero à esquerda nesses assuntos! rsrsrs...Se meu marido não assume essa tarefa, acho que deixo o carro dar PT! hahahaa
Grande beijo,
Jackie

Jucifer disse...

guriaaaaaaaaaaa
eu tenhu carro e naum tenho macho
pra cuida destas tarefinhas
ai tu ja viu sempre acabo esquecendo algo kkkkkkk
bjim guria
adorei as dicas

Cecília Avenca disse...

Aninha,esse post é muito importante para nós mulheres que não sacamos nadica de nada sobre carros.Eu por exemplo só sei entrar e dirigir;deixo esses detalhes para meu amorzinho.
Bjos

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger