sábado, 31 de julho de 2010

Reconheça a personalidade de um homem pelo sapato

Os calçados acabam refletindo o comportamento de quem os usa. Veja o que você pode esperar de quem usa os modelos abaixo:

Sapato e cinto coordenado - Moço meio antiquado e preocupado em agradar em excesso. Um dia a mãe ensinou que sapato tinha que combinar com o cinto e ele comprou a ideia e nunca mais a questionou. Se você também é meio à moda antiga, pode ser um bom par.

Sapatênis - Indeciso entre o caráter formal do sapato social e o descolado do tênis, ficou em cima do muro e optou por um sapatênis. Às vezes esse tipo de calçado significa que ele tem uma profissão que não permitiria usar tênis e a solução encontrada foi o meio termo. No geral demonstra um estilo preocupado em inovar, só que com um pouco de insegurança em ousar de verdade.

All Star - Despojado assumido, especialmente os que já passaram dos 20 e poucos anos e seguem usando o tênis tem espírito adolescente. Possivelmente os interesses e programas dele também sejam um tanto adolescentes. Quem tem um pé na cultura pop costuma se interessar por esse perfil.

Mocassim com meia - A menos que ele seja um imitador do Michael Jackson não existem razões no mundo para usar essa combinação. Senso estético não é o forte dele, mas diferente do cara que se preocupa mais com o conforto do que com a aparência, esse tentou fazer bonito, mas errou. Se você tiver paciência para dar uns toques sobre como se vestir, pode ser que funcione...

Chinelos de dedo na cidade
- Ainda mais despojado e despreocupado com regras sobre o que usar ou não do que o que usa All Star. Ele é ousado e até um pouco teimoso, mas sabe do que gosta e do que quer. Não é dado a grandes sofisticações.

Botinha de escalada - Ninguém compra essas botinhas só porque acha bonito, mesmo porque elas não são muito baratas. É usada por amantes de esportes radicais, mesmo que não os pratique. Se pudesse ele moraria na praia ou no campo, qualquer lugar em que pudesse estar mais próximo da natureza.

É claro que cada caso é um caso, e como diz o ditado, às vezes as aparências enganam. Vale reparar o que ele usa mais seguido e em quais situações.

(Recebi por e-mail)

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger