sexta-feira, 3 de outubro de 2008

O futebol e a música: mais ligados do que nunca!

Prepare o aparelho de som e corra para comprar os sucessos do Brasileirão, Série B e até do Real Madrid.
Confira as músicas:

Querem meu sangue - Grêmio

“Pois se eles querem meu sangue
Terão o meu sangue só no fim
E se eles querem meu corpo
Só se eu estiver morto, só assim”

Defendendo a liderança

Sorte Grande - Palmeiras

“A minha sorte grande foi você cair do céu
minha paixão verdadeira
Viver a emoção, ganhar teu coração
pra ser feliz a vida inteira
É lindo teu sorriso, brilho dos teus olhos
meu anjo querubim”

Homenagem e agradecimento ao São Marcos

Malandragem - Cruzeiro

“Eu só peço a Deus
Um pouco de malandragem
Pois sou criança
E não conheço a verdade
Eu sou poeta e não aprendi a amar”

A falta de maturidade nos jogos decisivos custaram a ponta da tabela

Beber cair e levantar - Flamengo

“Vamos simbora
Prum bar
Beber, cair, levantar
Beber, cair e levantar!
Beber, cair!
Beber, cair!
Beber, cair!”

Depois da farra na casa do goleiro Bruno, o Flamengo caiu na tabela e tenta levantar

Por enquanto - São Paulo

“Mudaram as estações
Nada mudou
Mas eu sei que
Alguma coisa aconteceu
Está tudo assim
Tão diferente...

Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre
Sempre acaba...”

O atual Bicampeão Brasileiro achou que a boa fase era para sempre e nesse campeonato apesar de não perder, nada muda e premanece na quinta colocação. Por enquanto...

Bete balanço - Botafogo

“Pode seguir a tua estrela
O teu brinquedo de 'star'
Fantasiando um segredo
No ponto a onde quer chegar...

O teu futuro é duvidoso
Eu vejo grana, eu vejo dor
No paraíso perigoso
Que a palma da tua mão mostrou...”

Futuro duvidoso: Libertadores ou Sul-americana.

Deixa a vida me levar - Vitória

“E deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Sou feliz e agradeço
Por tudo que Deus me deu...”

Depois de voltar para a elite, o Vitória está feliz da vida.

Mosca na sopa - Coritiba

“Eu sou a mosca
Que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca
Que pintou prá lhe abusar...”

Sem grandes pretenções, o Coxa vem tirando pontos dos grandes nesse campeonato

Disparada - Goiás

“Prepare o seu coração
Prás coisas
Que eu vou contar
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
E posso não lhe agradar...”

A grande disparada do Goiás já incomoda os grandes.

O que é o que é - Sport

“Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...”

O Sport poderia estar melhor no Brasileiro, mas o título da Copa do Brasil confirma que a vida é bonita, é bonita

Bijuteria - Internacional

“E no brilho
De uma pedra falsa
Dei amor
A quem não merecia
Eu pensei que era
Uma jóia rara
Era bijuteria
Das mentiras
Das palavras dôces
Vi calor no teu olhar
Tão frio
Da beleza
Do teu rosto esconde
Um coração vazio...”

No papel uma jóia, nos gramados uma bijuteria.

Envelheço na cidade - Atlético Mineiro

“Juventude se abraça
Faz de tudo prá esquecer
Um feliz aniversário
Para mim ou prá você...

Feliz aniversário
Envelheço na cidade...”

A torcida do Galo mineiro comemora o aniversário de 100 anos e chora para esquecer o time desse ano.

Convite de casamento - Náutico
“O tempo passou
E eu sofri calado
Não deu prá tirar
Ela do pensamento”

A Copa do Brasil se casou com o Sport e o Náutico teve que ver a festa do rival.

Por onde andei - Santos

“Por onde andei?
Enquanto você me procurava
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava...”

O futebol do Peixe procurou o time e só encontrouo Kleber Pereira.

Fera ferida - Figueirense

“Não vou mudar
Esse caso não tem solução
Sou Fera Ferida
No corpo, na alma
E no coração...”

O time não muda e chama o técnico Mario Sergio de novo. Acho que não tem solução.

Tocando em frente - Atlético Paranaense

“Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei”

Par um time que já foi campeão e que cançou de correr na frente da tabela

Comer comer - Vasco da Gama

“Comer comer, comer comer
é o melhor para poder crescer
Comer comer, comer comer
é o melhor para poder crescer”

Comer comer só tá crescendo a barriga e perdendo pontos no Brasileiro

Vira vira - Portuguesa

“Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém”

A Portuguesa está louca para virar e voltar para a Série B

Tente outra vez - Fluminense

“Tente!
Levante sua mão sedenta
E recomece a andar
Não pense
Que a cabeça agüenta
Se você parar
Não! Não! Não!
Não! Não! Não!...”

O jeito é tentar e acreditar sempre. Mas está díficil...

Creu - Ipatinga

A musica não tem letra, mas o créu é o que o time está levando nesse campeonato. E em todas as velocidades.

Amor para recomeçar - Real Madri e Robinho

“Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...”

O Real sentindo a falta de Robinho...

Brasil - Corinthians

“Mostra a tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...”

O sócio é o empresário de Mano e de mais meia dúzia.

Amargurado - Luxemburgo

“Eu só desejo que a boa sorte siga teus passos.
Mais se tiveres algum fracasso,
Creias que ainda, eu possa ajudar.”

Deseja sorte mesmo Luxa? Que você ainda pode ajudar é vero!

Metmorfose ambulante - Seleção Brasileira

“Prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo...”

Já tivemos o melhor futebol e o mais bonito de se ver, mas com o Dunga... Metamoforse...

A promessa - Guarani

“O céu é só uma promessa.
Eu tenho pressa,
Vamos nessa direção.
Atrás de um sol
Que nos aqueça
Minha cabeça
Não aguenta mais...”

A promessa de dias melhores para o Brugre campeão Brasileiro de 1978.

* Agora a melhor e mais bonita música de todas é HINO do AVAÍ:

Hino do Avaí Futebol Clube

Música: Luiz Henrique Rosa
Letra: Fernando Bastos

Na ilha formosa,
cheia de graça.
O time da raça.
É povo é gente,
é bola pra frente,
É só coração
o meu Avaí

Avaí meu Avaí.
Da ilha és o Leão
Avaí meu Avaí.
Tu já nasceste campeão


Não dá para esquecer
o seu belo passado
Mas a hora é presente
e o time vem quente
De encontro marcado
com seus dias de glória
Pois a ordem é vitória
Vencer, vencer.

* Rolando no Arquivinho:

3 comentários:

xandygamboa disse...

Aninha parabens pela postagem,cada dia ficando melhor.
sucesso para vc.grande abraço

Sou Avaí disse...

Parabéns pelo blog. Muito legal e além de tudo és avaiana.
Acessei o teu blog indicado pelo Rogério do ELITE AZUL E BRANCA.

É show de bola - voltarei outras vezes.

P.S: eu também tenho um blog, se quiseres dar uma espiada o endereço é:
www.vzvz2-souavai.blogspot.com

Saudações avaianas
Valdez

Geraldo disse...

Muito Bom Aninha,

Abraço

Querem meu sangue - Grêmio

“Pois se eles querem meu sangue
Terão o meu sangue só no fim
E se eles querem meu corpo
Só se eu estiver morto, só assim”

Defendendo a liderança

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger