segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A pílula contra a barriga

Você já ouviu falar na pílula anti-barriga? Parece ser tentador, não? Imagina a sua cintura fininha, podendo arrasar em um biquíni novo? Demais! Pois saiba que há um comprimido que é a maior novidade do momento. É o Acomplia, que promete eliminar as gordurinhas abdominais. Mas cuidado porque o sonho pode não ser tão dourado assim. Leia com atenção para saber se você pode tomar e não esquece de procurar um médico antes de qualquer coisa.

Só para quem está acima do peso
É isso mesmo. O remédio combate a obesidade e as conseqüências desse problema. Somente quem tem índice de massa corporal (IMC) acima de 27 pode tomá-lo. Se o seu problemas são uns dois ou três quilinhos, vá para a academia!

Barriga, sinal de doença
Se a sua barriga ultrapassa os oitenta centímetros de diâmetro, você corre o risco de sofrer com doenças, como o aumento das triglicérides, do colesterol ruim, diabetes e problemas cardíacos.

Bons resultados
O remédio controla o apetite e atua na queima da gordura abdominal. Pode-se reduzir até oito centímetros de cintura em um ano. Contribui também para a melhora do nível do HDL (colesterol bom), redução das triglicérides (reserva de energia), além de combater a pressão alta. Isso tudo reflete em melhor saúde para o seu coração.

Nem tudo são flores
Os efeitos do remédio ainda estão sendo estudados. Mas algumas pessoas que já tomaram o medicamento contam que sentiram tontura, enjôo, sono e depressão. Atenção! O Acomplia não é indicado para quem tem toma antidepressivos ou apresentam quadro de depressão. Antes de tomar, pense bem se vale a pena passar por todos esses perrengues.

Dieta sempre
13,1% das brasileiras acima de 20 anos são obesas. Para diminuir esse índice, não bastam só remédios. Uma dieta balanceada e exercícios físicos são os velhos santos mlagrosos. E esses hábitos devem ser mantidos pelo resto da vida. Caso contrário, a barriguinha volta mesmo. Portanto, vá à luta para usar aquele jeans maravilhoso número 38 que está guardado no armário.

Fonte

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger