domingo, 17 de fevereiro de 2008

Método realizado por dermatologistas pode remover manchas e suavizar a expressão

A novidade nos consultórios dermatológicos é a microdermoabrasão, técnica que trata desde manchas e cicatrizes deixadas por acne a rugas finas, estrias superficiais, flacidez e até fotoenvelhecimento. “Dependendo da gravidade do caso, os resultados variam de bons a ótimos”, afirma Reinaldo Tozo, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

O tratamento não cirúrgico faz a esfoliação da pele e promove a renovação das células e da camada superficial. “Essas raspagens podem ser feitas com lixas manuais ou em aparelhos de alta rotação, mas sempre muito superficialmente”, explica o dermatologista. Dessa forma, cicatrizes superficiais tornam-se menos perceptíveis e manchas e rugas finas são suavizadas, resultando em uma aparência mais jovem e uma pele mais macia.

A técnica é indolor, com poucos efeitos colaterais e preços acessíveis. O número de sessões varia de acordo com o caso e cada uma leva em média de 30 a 40 minutos. Os valores variam de R$ 130 a R$ 250, por isso vale uma pesquisa. Pessoas de qualquer idade podem fazer o tratamento, quando indicado pelo especialista. “Alguns cuidados devem ser observados em pessoas que apresentem alterações na coagulação, doenças auto-imunes ou tenham histórico de doenças infecciosas”, alerta o presidente da SBCD. Ele ainda ressalta a importância de procurar referências do profissional que realizará o procedimento.

Fonte

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger