quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Livre-se do cigarro de vez!

Ano novo, vida nova. É sempre assim na virada do ano: a gente faz uma pausa para refletir, estabelecer novos projetos de vida e mudanças para o ano que se inicia. Algumas metas conseguimos cumprir, outras sai ano e entra novo ano e nada! Com o cigarro também é assim, mas não precisa ser, pois se você estiver realmente preparada para enfrentá-lo, a chance da sua vitória aumenta consideravelmente!

E parar de fumar é difícil por dois motivos principais: mudar um comportamento que você pratica há muitos anos exige disciplina, e quando existe uma dependência física ou psicológica associada a dificuldade aumenta.

A boa noticia é que somente 20% dos fumantes regulares realmente precisam de medicação para deixar de fumar, a maioria dos fumantes precisa de algumas orientações e motivação pessoal.

E se você está motivado para livrar-se do cigarro em 2008, aqui vão algumas orientações para te ajudar:

1 - Marque uma data para deixar de fumar no calendário. Marcou? Ótimo, comece a se preparar para o dia e diminua o número de cigarros fumados até a chegada da data. A parada abrupta é o método mais associado ao sucesso em pessoas que desejam parar de fumar.

2 - Faça a despedida do cigarro. Isto mesmo, organize um ritual de despedida ao seu estilo, pode ser algo mais reservado ou uma comemoração com os familiares. O importante é que você se prepare para esta nova vida sem cigarros e a despedida será um marco desta mudança.

3- Após a despedida, não tenha cigarros ao seu alcance. Pois em um momento de vontade intensa de fumar ou situações estressantes o cigarro ao alcance é recaída certa.

4 - A vontade intensa de fumar corresponde a uma descarga dos neurônios cerebrais e dura cerca de um minuto. Faça algo para desviar a sua atenção neste um minuto e a vontade já passou. Dicas: beba um copo de água, faça uma breve caminhada, concentre-se em alguma coisa, masque um chiclete, etc.

5 - Mude a sua rotina. Identifique quais são os cigarros do dia que você mais gosta e pense em estratégias para substituir estes momentos de vontade intensa de fumar. Fumar após o almoço é seu cigarro mais gostoso? Levante da mesa e vá escovar os dentes rapidamente. Café e cigarro são inseparáveis? Não tome café nas primeiras 2 semanas, substitua por chá, suco ou água.

6 - A fase mais difícil sem cigarros geralmente corresponde as três primeiras semanas sem fumar. Você está mudando seus hábitos de vida, e além disso as descargas dos neurônios e a vontade intensa de fumar são mais freqüentes. Após a terceira semana tudo tende a ficar mais fácil e você já começa a incorporar as novas rotinas no seu dia-a-dia.

7 - Seja positivo! Nada de ficar chorando de saudade do cigarro, valorize suas conquistas e benefícios alcançados! Perceba a melhora da respiração, observe o melhor controle da sua pressão arterial e a diminuição dos seus batimentos cardíacos por minuto, perceba a melhora do seu paladar e o perfume da sua roupa.

8 - Peça ajuda. Seus familiares estão torcendo por você e querem te ajudar. Compartilhe o calendário de dias sem fumar com a família e relate suas conquistas, falar sobre o que está sentindo ajuda bastante. Tem algum outro fumante em casa? Peça para que não deixe o cigarro a mostra pela casa, dificilmente alguém irá se negar a ajudá-la.

Muito bem, tudo pronto? Data marcada e plano estabelecido? Desejo sucesso em sua nova fase de vida sem o cigarro, com muita saúde e bem estar! E não se deixe abater por lapsos, escorregou e fumou um cigarro? Levante-se e comece novamente. A insistência te conduzirá a vitória!

*Camille Rodrigues da Silva é pneumologista, sócia da Avir Saúde Educação e Tratamento do Tabagismo, além de autora do livro "Apague o Cigarro de Sua Vida".

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger